O objetivo deste trabalho é refletir sobre a realidade multilinguística e plurilinguística do Brasil do século XVIII e analisar esta complexidade levando em conta as transformações provocadas por uma política linguística decretada pela metrópole, através de decretos e ordens régias, entre 1722 e 1759.

De Rosa, G.L. (2022). Novos espaços discursivos no Brasil colonial. In V.2. Luiza Castello Branco et alii (orgs.) (a cura di), Entrenós da língua, do sujeito, do discurso. Uma homenagem a Bethania Mariani (pp. 79-94). Campinas : Pontes.

Novos espaços discursivos no Brasil colonial

De Rosa, Gian Luigi
2022-01-01

Abstract

O objetivo deste trabalho é refletir sobre a realidade multilinguística e plurilinguística do Brasil do século XVIII e analisar esta complexidade levando em conta as transformações provocadas por uma política linguística decretada pela metrópole, através de decretos e ordens régias, entre 1722 e 1759.
978-65-5637-635-6
De Rosa, G.L. (2022). Novos espaços discursivos no Brasil colonial. In V.2. Luiza Castello Branco et alii (orgs.) (a cura di), Entrenós da língua, do sujeito, do discurso. Uma homenagem a Bethania Mariani (pp. 79-94). Campinas : Pontes.
File in questo prodotto:
Non ci sono file associati a questo prodotto.

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: https://hdl.handle.net/11590/425888
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact